Os problemas com telhados são comuns, e causam bastante dor de cabeça. Seja por mau desempenho dos materiais, falhas na instalação ou telhas quebradas que causam infiltrações, podendo comprometer toda a estrutura do imóvel.

Não existe um tempo determinado para que seja feita a reforma de telhados, tudo vai depender da qualidade dos materiais colocados e das condições climáticas do local. O indicado é que seja feita uma inspeção de ano em ano, para analisar se existem telhas fora do lugar, rachadas ou quebradas. A prevenção das telhas prolonga sua vida útil.

Reforma de telhados

Todos os proprietários de imóveis devem ficar atentos à reforma de telhados, que assim como qualquer coisa, necessita de manutenção. Os cuidados no momento de fazer a reforma são vários, e você deve ficar bem atento.

Conheça a estrutura do seu telhado, ela pode ser feita de materiais diversos, sendo que os mais comuns são madeira e metal. A forma da estrutura definirá qual o melhor tipo de telha utilizar.

Identificando problemas nas telhas

Os problemas que surgem devido à falha no funcionamento das telhas são mais comuns, e podem ser percebidos por qualquer pessoa. Geralmente são:

  • Goteiras;
  • Manchas na parede;
  • Infiltrações;
  • Problemas na pintura.

Como fazer a reforma de telhados?

Realizar a manutenção dos telhados é uma tarefa árdua que requer muitos cuidados. Andar sobre o telhado é muito perigoso e arriscado, já que as telhas não possuem grande resistência para suportar o peso de uma pessoa. Para subir no telhado e andar sobre as telhas é necessário que se tenha técnicas e equipamentos de segurança para evitar possíveis acidentes.

Identificar as telhas soltas e quebradas é o primeiro passo para o reparo. Você deve ter a lista de todos os materiais e quais os métodos a seguir. Geralmente os principais materiais são metal, madeira e as telhas.

Para escolher as telhas é necessário analisar:

  • A inclinação do telhado, que tem o objetivo de evitar que a água penetre sobre os espaços;
  • O material deve ser homologado pela Associação Brasileira de Normas Técnicas. Esse procedimento garante maior durabilidade e qualidade do produto.

Para definição das madeiras é necessário escolher as que tenham maior resistência à invasão de cupins, evitando assim com que o telhado se desgaste mais de dentro para fora.

Principais modelos de telhas

  1. Telhas sanduíche: Esse modelo de telha revolucionou o mercado, já que as suas propriedades isolam o som e a temperatura do ambiente. Sua praticidade na instalação, baixa manutenção e a segurança proporcionada, fazem desse tipo de telha ser a melhor opção para o seu telhado.
  2. Telhas de cerâmica: São as mais comuns, tem características termo isolante e de durabilidade bem considerável. São utilizadas mais em casas pequenas e sobrados.
  3.  Telhas de PVC: São leves, onduladas e trapezoidais. São fixadas com parafusos próprios em estruturas de madeira ou metálicas. Uma das vantagens é o isolamento térmico.
  4. Telhas esmaltadas: Esse modelo permite que o proprietário escolha a cor ideal. É bem resistente e tem capacidade de dupla face.
  5. Telhas de vidro: Proporcionam iluminação natural ao ambiente, reduzindo gastos com energia. Uma desvantagem é a sua fragilidade.

A manutenção dos telhados deve ser feita por todos os proprietários de imóveis. Se você percebeu alguns dos problemas citados, não perca tempo e faça já sua reforma para evitar transtornos. Você ficou com alguma dúvida? Deixe nos comentários!

Categorias: Uncategorized

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp chat